CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

RECEITAS




Bolinho de bacalhau

Acompanhamentos/Receitas do Programa do Rony



Gostosuras de ontem e de hoje

A receita do bolinho de bacalhau que vocês estão recebendo, foi oferecida pela Mercearia Godinho. Neste caso, de certo modo, fica até difícil de distinguir qual é a mais interessante: se a receita ou a casa em si, levando em conta sua bela história. A Mercearia Godinho é a mais antiga casa em funcionamento ininterrupto na cidade de São Paulo. Nasceu em 1888 - está fazendo 130 anos – pelas mãos de um português chamado José Maria Godinho. Em princípio, ficou na Praça da Sé. Depois, em 1924, foi para a Rua Líbero Badaró, 340, onde está até hoje. Não é necessário verificar documentos para atestar sua antiguidade. Basta visitar a casa e admirar seus móveis e outros objetos para fazer uma espécie de viagem ao século XIX: as altas e escuras estantes de imbuia, as bonitas balanças com pratos de prata, o chão com nostálgicos ladrilhos portugueses, pretos e brancos, fazem imaginar que, a qualquer momento, pode entrar porta a dentro um sujeito com fraque, cartola e bengala ou uma senhora elegante no seu vestido de tecido fino e farto, exibindo sombrinha rendada, que eram o figurino dos primeiros fregueses. Chama igualmente a atenção as coisas gostosas vendidas a granel em sacos alinhados, como nos velhos tempos. Não por acaso, o Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Imaterial da Cidade de São Paulo lhe deu o primeiro reconhecimento oficial nesse sentido. Para completar o seu valor histórico, a mercearia está instalada no piso térreo do Edifício Sampaio Moreira que, com seus 12 andares, ostenta a primazia de ser o primeiro arranha-céu da capital, erguido em 1924. Até então, os prédios não passavam de quatro andares. Vai ver que aquele povo antigo desconfiava de grandes alturas ou da eficácia dos elevadores. Ou tinham medo deles.
Porém, além de haver sido uma novidade na época e uma raridade nos dias de hoje, a mercearia sempre se caracterizou pela qualidade dos seus produtos, sempre secos e molhados finos, como se dizia antigamente, e também pela habilidade em conquistar paladares com seus doces e salgados que provocam uma pequena invasão de clientes diariamente. É o caso do bolinho de bacalhau, que chega quentinho e espalhando aroma numa grande bandeja por volta das dez da manhã. Se vocês notarem dois homens atarefados, às vezes com um lápis ou caneta apoiados na orelha à moda de outros tempos, são Miguel Romero e José Roberto Piovani, respectivamente proprietário e gerente, que tomam conta do lugar.


Foto: Arquivo pessoal

BOLINHO DE BACALHAU
( 20 bolinhos)

Ingredientes
800 gr de bacalhau dessalgado e desfiado.
800 gr de purê de batata.
200 ml de azeite extra-virgem. (Também pode ser o azeite comum).
3 dentes de alho.
1/2 cebola.

Como fazer
1) Refogar o alho e a cebola no azeite.
2) Acrescentar o bacalhau e mexer bem.
3) Deixar esfriar e acrescentar o purê de batata, salsa e pimenta do reino à gosto.
4) Modelar e fritar em óleo bem quente.

Pronto!! Agora é só se deliciar #humm      



Envie a sua receita para a Rádio Capital


Tags: 


Mais Receitas


Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados