CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

NOTÍCIAS - Esportes

Quinta-feira, 04/07/2019 13:10
Por Luiz Carlos Ramos

Brasil x Peru, a final não imaginada

Domingo, uma decisão inédita da Copa América




O Peru, de modo surpreendente, derrotou o Chile por 3 a 0 na noite de quarta-feira e, com isso, classificou-se para a final da Copa América, contra o Brasil, que será realizada domingo, no Maracanã. Essa final é inédita na história de um século da Copa América: os dois países jamais se encontraram anteriormente na decisão do título. E é uma final não imaginada alguns dias atrás, quando o mesmo Brasil goleou o mesmo Peru por 5 a 0, em dia de falhas do goleiro peruano. No decorrer na fase mata-mata, o Peru, treinado pelo argentino Gareca, soube reagir, enquanto o Brasil, de Tite, também foi evoluindo até derrotar a Argentina por 2 a 0 na semifinal. Há quem considere essa decisão uma oportunidade de o futebol brasileiro dar um troco ao Peru pelo ocorrido na Copa do Mundo de 1978. O autor deste texto, Luiz Carlos Ramos, coordenador de Jornalismo da Rádio Capital, que cobriu as Copas de 1974, 1978, 1982 e 2018, garante que “não tem nada a ver”. No Mundial de 1978, o Brasil foi prejudicado por uma “marmelada” no jogo entre a Argentina e o Peru. Os argentinos, donos da casa, precisavam vencer por goleada para chegar às semifinais no grupo em que também estavam o Brasil, treinado por Claudio Coutinho, e a Polônia. O time brasileiro havia vencido o Peru e a Polônia, e ficado no 0 a 0 com a Argentina na chamada “Batalha de Rosário”. O saldo de gols apontaria a equipe classificada. E o saldo ficou favorável aos argentinos graças à goleada, em que o goleiro peruano praticamente entregou o jogo. O Brasil , de Zico, voltou com o terceiro lugar, invicto, e a Argentina ganhou o título ao derrotar a Holanda na final de Buenos Aires. Desta vez, é outra história. Mas, pelo menos, a seleção de Tite tem a chance de tentar entusiasmar uma torcida que anda aborrecida com a seleção desde os 7 a 1 diante da Alemanha no Mundial de 2014, situação não melhorada na Copa de 2018, do Cai-Cai de Neymar.




Tags: 
02/10 09:38: Outubro Rosa
Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados