CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

NOTÍCIAS - Arte e Lazer / Exclusivas

Sexta-feira, 22/02/2019 16:29
Por Rafael Esgrilis

Acadêmicos do Tucuruvi, do incêndio a liberdade na avenida

Série de reportagens: Curiosidades e histórias do fantástico mundo do Carnaval de São Paulo

OUÇA





Crédito: Bruno Ulivieri/JGCOM 

Na Acadêmicos do Tucuruvi desde 2016, a porta bandeira da Acadêmicos do Tucuruvi Waleska Gomes, ostenta a responsabilidade de levar a bandeira da escola de samba, o pavilhão ao lado do mestre sala Kauan Alcides.

Juntamente com os integrantes, ela passou por um momento difícil. Um incêndio atingiu o segundo andar de um galpão da escola de samba na Vila Mazzei, na Zona Norte de São Paulo e 90% das fantasias foram destruídas.

Waleska Gomes relembrou com emoção este momento difícil dias antes do tão esperado desfile.

“O carnavalesco me ligou de madrugada, informando sobre o incêndio, até porque a minha fantasia estava no atelier. Foi muito triste, tudo foi queimado dias antes do desfile”, destacou.

Diante dessa adversidade o mundo do samba ajudou a Acadêmicos do Tucuruvi.


Crédito: Bruno Ulivieri/JGCOM 

“O que mais me deixou emocionada foi a ajuda dos sambistas de outras escolas e cidades. Recebemos materiais de outras agremiações e ajuda do pessoal do Rio e de Manaus”, citou a porta bandeira.

Depois dos problemas de 2018, o sentimento da escola casa com o enredo deste ano, a liberdade. Um carnaval livre. Um trabalho de dois anos.

“Com o ocorrido, nós não fomos julgados no ano anterior, então, eu acredito, que a nossa comunidade vem mais motivada neste Carnaval”, salientou Waleska.

Em 2003, a Acadêmicos do Tucuruvi cantava e clamava pela liberdade de expressão em seu enredo.  Dezesseis anos depois, a escola da Zona Norte de São Paulo vai levar ao Sambódromo do Anhembi, o tema liberdade “O Canto Retumbante de Um Povo Heroico”.

A representatividade de vários grupos e minorias tornou-se fundamental para a garantia de direitos e o combate ao preconceito.

A Acadêmicos do Tucuruvi será a 4ª escola a desfilar na sexta-feira de carnaval, dia 1º de março, na primeira noite dos desfiles do Grupo Especial.

Ouça a entrevista completa nos áudios que ficam localizados no topo da página. Basta clicar os botões play.









Tags: 


Veja mais

Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados