CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

NOTÍCIAS - Dinheiro / Política

Sexta-feira, 31/08/2018 15:03
Por Carla Mota

Temer adia para 2020 o reajuste dos servidores públicos

Medida vai gerar economia de R$ 6,9 bilhões em 2019



Foto: Wikimedia Commons | Marcada para Reutilização Google

O presidente Michel Temer voltou atrás e decidiu adiar para 2020 o reajuste salarial dos servidores da União. Temer mudou de ideia depois de ouvir o apelo da equipe econômica para fechar as contas. Na última quarta-feira (29), o emedebista havia anunciado que o reajuste estava mantido para 2019. A decisão foi tomada durante reunião realizada na manhã desta sexta-feira (31) no Palácio do Planalto, em Brasília, na qual a equipe econômica apresentou a Temer a realidade das contas públicas. Os ministros  Eduardo Guardia (Fazenda) e Esteves Colnago (Planejamento) disseram que, sem os R$ 6,9 bilhões referentes ao adiamento do reajuste dos servidores, as contas de 2019 não fechariam. Seria preciso cortar gastos em áreas importantes, como saúde e educação. Será mantido, porém, o reajuste para os militares e para o Judiciário, conforme acerto com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Com o anúncio do aumento dos servidores somente para 2020 a equipe econômica afirma que será possível cumprir o teto dos gastos públicos e a meta fiscal de 2019, que prevê um déficit de R$139 bilhões.






Tags: 


Veja mais

Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados