CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

NOTÍCIAS - Brasil / Exclusivas

Sexta-feira, 27/07/2018 13:10
Por Ana Paula Novaes

Saiba como acompanhar o maior eclipse total da Lua do século 21, que acontece na noite de hoje (27)

Confira na reportagem de Raquel Rieckmann.

OUÇA





O fenômeno, conhecido como "lua de sangue" terá duração de mais de uma hora e 40 minutos
Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil





Atenção, românticos de plantão! Acontece nesta sexta-feira (27) o maior eclipse da lua já registrado deste século. Mas, afinal, o que é um eclipse? Para explicar este fenômeno natural, a repórter Raquel Rieckmann conversou com a pesquisadora do Observatório Nacional, Josina Nascimento.

“O eclipse da lua acontecerá sempre que sol, terra e lua estiverem, aproximadamente, alinhados nessa ordem. O sol ilumina a terra e, por causa disso, cria uma sombra no espaço. Em determinadas épocas, a lua entra nesta sombra e aí acontece o eclipse”, destaca.

O fenômeno tem início previsto para às 16h30 e vai até às 18h13, no horário de Brasília. As regiões Sul, Sudeste e Nordeste do país verão o eclipse total. Já o Centro-oeste, e os estados do Pará e Amazonas terão visão apenas parcial.

Aqui em São Paulo, a pesquisadora destaca qual será o melhor momento para acompanhar o eclipse total. “Das 17h39 até às 18h13 ainda será eclipse total. Você verá a lua com uma coloração diferente e, à medida que a noite for chegando e o céu escurecendo, será possível perceber que ela estará com uma cor diferente, laranja-avermelhada”, frisa.

Por causa desta cor, costuma-se chamar este fenômeno de “lua de sangue”. “Quando a lua entra totalmente na sombra da terra, os raios que passam pela atmosfera da terra ainda chegam até a lua e ela fica com a cor como acontece no crepúsculo”, afirma.

Esse será o eclipse da lua mais longo do século 21 e a pesquisadora explica o porquê. “Ela passará pelo centro da sombra, percorrendo quase toda a sombra. Então, é uma das durações maiores que se conhece – 1 hora e 43 minutos. Marte estará bem próximo da lua e Júpiter ao alto no céu, Vênus ao leste e Saturno entre Marte e Júpiter. Quem tem a visão do céu todo pode perceber que todos eles ficam em uma mesma linha: lua – Marte – Saturno – Júpiter – Vênus”, acrescenta.

O sol se põe a oeste e a lua nasce a leste. Então, pegue a bússola e olhe para o lado leste para acompanhar esse show no céu. Não é necessário nenhum equipamento para ver o fenômeno. Você só precisará contar com a colaboração de São Pedro para deixar o céu limpo.



Fonte: Gustavo Rojas/UFSCAR


Saiba mais no áudio no topo da página. Basta clicar o botão play.







Tags: 


Veja mais

Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados