CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatsapp Capital

NOTÍCIAS - Cinema / Famosos

Quarta-feira, 25/07/2018 16:23 - Atualizado em 26/07/2018 12:38
Por Ana Paula Novaes

Em sua estreia no cinema, Marco Pigossi faz papel de matador de aluguel

Baseado em fatos reais, o filme O Nome da Morte foi lançado hoje (25) em São Paulo.




O filme conta a história real do pistoleiro Júlio Santana, feito por Pigossi (na foto em cena com André Mattos)
Foto: Divulgação




Foi lançado na manhã desta quarta-feira (25) em São Paulo o filme O nome da morte. Baseado no livro de mesmo nome do jornalista Klester Cavalcanti, o longa conta a história real de um pistoleiro que matou mais de 490 pessoas e tem estreia marcada para o dia 2 de agosto em cinemas de todo o país.

Além do autor, também participaram da coletiva, realizada em um hotel na capital paulista, o diretor Henrique Goldman e os atores Marco Pigossi, que faz o papel do pistoleiro, e Fabíula Nascimento, que interpreta a esposa do matador.

Em sua primeira atuação nos cinemas, Pigossi destacou o desafio de trazer para as telas um personagem que, apesar de ser um assassino, não é um vilão. “Esse personagem representou uma desconstrução de conceitos morais e do quanto a gente se adapta a tudo. Por isso, acho que esse filme é uma grande denúncia. Sou ator para sentir coisas que não sinto na vida e é muito bruto fazer um personagem desse e sentir tudo isso. Foi doloroso fazer esse mergulho, mas foi uma descoberta linda”, disse.

Já o diretor Henrique Goldman, conhecido pelo filme Jean Charles, afirmou que o filme teve como objetivo falar do respeito à vida. “Para falar da vida, a gente usou a morte. O filme é sobre até onde vai a responsabilidade da sociedade e onde começa a do indivíduo”, explicou.

Fabíula Nascimento, que atualmente faz o papel de Cacau na novela Segundo Sol da TV Globo, frisou que foi preciso fazer um exercício de não julgamento para entender as razões das personagens. “Eu precisei não julgar a conduta dessa mulher. Tive que entender o porquê daquele comportamento tão diferente do meu”, disse.

Enredo – o filme conta a história de Júlio Santana, um matador de aluguel que confessou ter assassinado 492 pessoas. Os crimes foram cometidos ao longo de 20 anos e o pistoleiro passou apenas um dia preso, sendo liberado em seguida. Ele vive hoje com a família em uma fazenda no interior do país.

Com cenas gravadas no Jalapão, um dos destaques do longa é a fotografia, feita por Azul Serra, e jogos de câmera sufocantes. “O Jalapão é de uma grandiosidade ímpar e foi importante para a construção deste personagem. Ele é também vítima, da falta de educação e de cultura. Apenas existe naquele lugar”, salientou Pigossi.

A trilha sonora fica a cargo do britânico Brian Eno e também contribui para criar o clima de agonia que transmite o filme. O elenco ainda conta com André Mattos, Matheus Natchergale, Martha Nowill, Tony Tornado e Augusto Madeira. Fernando Meirelles (que dirigiu o sucesso Cidade de Deus) é produtor associado. 

Confira abaixo a galeria com fotos da coletiva e também a mensagem que o ator enviou para os ouvintes da Rádio Capital. 


Foi lançado nesta quarta-feira (25), em São Paulo, o filme nacional “Em Nome da Morte”. Baseado em fatos reais, o longa conta a história de um matador de aluguel, interpretado pelo ator @marcopigossi , que convidou os ouvintes da #RádioCapital para assistir ao filme. A estreia, em cinemas de todo o país, está marcada para o dia 2 de agosto. 📹: Ana Paula Novaes/Rádio Capital #CinemaNaCapital #filmenacional #cinema #onomedamorte #estreia

Uma publicação compartilhada por Rádio Capital (@capitalcomvoce) em




Ficha do filme
O nome da morte
Gênero: drama
Origem:  Brasil
Direção: Henrique Goldman
Elenco: Marco Pigossi, Fabíula Nascimento, André Mattos, Matheus Natchergale, Martha Nowill, Tony Tornado e Augusto Madeira









Tags: 


Fotos



Veja mais

Facebook Instagram YouTube Whatsapp App Android App IOS
® 2020 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados