CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

NOTÍCIAS - Cinema / Exclusivas

Sexta-feira, 11/05/2018 11:12
Por Ana Paula Novaes

Dica de cinema - refilmagem de sucesso dos anos 70, traz Bruce Willis em papel violento

Confira a crítica do filme feita pela redatora Ana Paula Novaes.




Bruce Willis faz o papel que foi de Charles Bronson no sucesso dos anos 70
Foto: Divulgação/Imagem Filmes




Chegou às telas nesta quinta-feira (10) o filme Desejo de Matar. Estrelado por Bruce Willis, o longa é uma refilmagem do sucesso dos anos 70, que tinha Charles Bronson no papel principal. O filme atualiza a história de Paul Kersey, um médico tomado pelo desejo de vingança após bandidos invadirem sua casa para um assalto e dispararem tiros contra sua mulher e filha. A esposa morre e a filha fica em coma, em estado crítico. 

Depois do crime, o médico, decepcionado com as condições da polícia e da demora na investigação, decide tomar as rédeas da situação e fazer justiça com as próprias mãos. Agora com a ajuda da internet, Kersey aprende a usar armas e sai em busca dos criminosos, se tornando uma espécie de justiceiro.

O filme chega às telas em meio à polêmica. Nos Estados Unidos, o diretor Eli Roth está sendo acusado de dar voz às alas da população, geralmente ligadas à extrema direita, e que defendem o armamento da população. Além de Willis, o filme ainda tem no elenco Elizabeth Shue e Vicent D’Onofrio. 

A mensagem do filme é perigosa nos dias atuais. A solução proposta é a de gerar mais violência, buscando a justiça com as próprias mãos, diminuindo e descreditando o poder da força policial.

O filme ainda tem uma cena do personagem principal em uma loja de armas, que deixa claro como é fácil ter acesso a armamento pesado nos Estados Unidos. O que choca é que a vendedora da loja é uma espécie de apresentadora de programas infantis: loira, bonita e super animada, apresenta os modelos disponíveis como se estivesse em uma loja de brinquedos. 

O personagem de Willis é implacável e caça os homens que fizeram mal a sua família e os mata com toques de crueldade. Tanto que a classificação indicativa do filme é de 18 anos. 

A conclusão é que o filme propõe um retorno à política do olho por olho, dente por dente.



Desejo de Matar
Gênero: ação
Origem:  Estados Unidos
Duração: 1h49
Direção: Eli Roth
Elenco: Bruce Willis, Vincent D'Onofrio, Elisabeth Shue
Classificação: 18 anos





Tags: 


Veja mais

02/10 09:38: Outubro Rosa
Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados