ENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume

NOTÍCIAS - Polícia

Quinta-feira, 10/05/2018 13:42
Por Ana Paula Novaes

Dono da empresa de refrigerantes Dolly é preso em SP

Ele é investigado por fraude fiscal estruturada, organização criminosa e lavagem de dinheiro.




A polícia aprendeu dois helicópteros, quatro carros de luxo, além de dinheiro em espécie
Foto: Divulgação






Foi preso na manhã desta quinta-feira (10) o dono da empresa de refrigerantes Dolly, Laerte Codonho, em sua casa na Granja Viana, em Cotia, na Grande São Paulo. Ele é investigado por fraude fiscal estruturada, que teria desviado até R$4 bilhões, além de organização criminosa e lavagem de dinheiro.

De acordo com as investigações, a empresa comandada por Codonho teria demitido funcionários e os recontratado em outra companhia para fraudar o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

O empresário teve a prisão temporária decretada e foi encaminhado ao 77º DP, onde chegou segurando um papel com os dizeres: "Preso pela Coca-Cola". Ele alega ser vítima de uma perseguição da multinacional e     diz que empresa que estariam investigando não pertence a ele.

Também foram presos hoje o ex-contador da Dolly, Rogério Raucci, e o ex-gerente financeiro da empresa, César Requena Mazzi.

Além das prisões, a polícia apreendeu dois helicópteros em São Bernardo do Campo, quatro carros de luxo, em Cotia, além de dinheiro em espécie, incluindo notas de real, dólar americano, euro e libra esterlina.






Tags: 


Veja mais

® 2018 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados