CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Twitter Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatszap Capital

NOTÍCIAS - Cidade

Sexta-feira, 06/04/2018 15:07
Por Ana Paula Novaes

Governo do estado inaugura quatro estações da Linha 15-Prata do monotrilho

As novas estações são São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União.




Inicialmente, as novas estações estarão abertas de segunda a sexta-feira, das 10 às 15 horas, em Operação Assistida, sem cobrança de tarifa
Foto: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo




O governador Geraldo Alckmin inaugurou nesta sexta-feira, 6, um novo trecho da Linha 15-Prata do Metrô, em sistema de monotrilho. Com 5,5 km de extensão, ele inclui quatro novas estações: São Lucas, Camilo Haddad, Vila Tolstói e Vila União. Agora a Linha 15 passa a ter 7,8 km de extensão, ligando a Vila Prudente (integração com a Linha 2-Verde) à Vila União. Já a rede de metrô de São Paulo terá 89,8 km e 79 estações. 

Durante o evento, o governador ressaltou o esforço fiscal que permitiu ao Estado fazer frente ao maior desafio das grandes metrópoles, a mobilidade. “Suamos a camisa, foram tempos difíceis. Mas São Paulo ficou de pé, não aumentamos imposto, conseguimos manter as obras e não devemos 1 centavo”. 

As quatro estações estarão abertas de segunda a sexta-feira, das 10 às 15 horas, no formato de Operação Assistida, sem cobrança de tarifa. O usuário poderá embarcar gratuitamente nestas novas estações e seguir até Oratório, onde será orientado a desembarcar e acessar a área paga, caso queira seguir viagem até Vila Prudente. 

Esse modelo de operação segue o padrão internacional para a abertura de novas estações de metrô e deve ser ampliado gradativamente até chegar ao funcionamento pleno, como em toda a rede. Ele consiste na apresentação da estação aos usuários, garantindo a infraestrutura necessária para o funcionamento dos terminais. 

Construída pelo Metrô de São Paulo, a Linha 15-Prata é o primeiro monotrilho de alta capacidade de transporte do Brasil e vai conectar as regiões leste e sudeste a toda a rede de trilhos de São Paulo. O monotrilho possui características diferentes do metrô convencional, pois seus trens são operados de modo totalmente automático e trafegam com pneus sobre vigas de concreto elevadas. Cada composição possui sete carros e capacidade para transportar mil passageiros por viagem. 

A implantação desta linha tem o custo de R$ 5,2 bilhões e compreende a construção de 15,3 km de vias e 11 estações entre Vila Prudente e Jardim Colonial (antiga Iguatemi), além do Pátio de Manutenção Oratório, a compra de 27 trens, sistemas elétricos, de sinalização e controle, e também de três novos terminais de ônibus na região da Vila Prudente.





Tags: 


Veja mais

Facebook Twitter Instagram YouTube Whatszap App Android App IOS
® 2019 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados