ENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume

NOTÍCIAS - Mundo

Sexta-feira, 12/01/2018 15:46
Por Ana Paula Novaes

A Semana em Notícias: confirmadas 21 mortes por febre amarela no estado de São Paulo

Confira os principais destaques do período entre os dias 08 a 12 de janeiro de 2018.

OUÇA




Segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

 
No sábado (6) o governo decidiu liberar a vacinação contra a doença para todo o estado a partir de fevereiro
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil


A Secretaria Municipal de Saúde de Guarulhos, município da Grande São Paulo, confirmou neste domingo (7) a morte de um morador da cidade por febre amarela. A vítima tinha 69 anos e faleceu no dia 25 de dezembro.

Esse foi o 3º caso de morte confirmado pela doença na região metropolitana do estado. Nos três casos, as vítimas passaram pela cidade de Mariporã, que fica a 39 quilômetros da capital paulista.

No sábado (6) já haviam sido confirmadas duas mortes. O governo do estado informou no final de semana que, a partir de fevereiro, vai liberar doses fracionadas da vacina para mais cidades. 


Terça-feira, dia 9 de janeiro de 2018



Os motoristas dos dois veículos envolvidos na colisão estão com carteiras de habilitação cassadas
Foto: Reprodução/Tv Globo


Um grave acidente deixou duas mulheres mortas e seis pessoas feridas na Rodovia dos Imigrantes, altura do município de São Bernardo do Campo, na noite de terça-feira (9). Os motoristas dos dois veículos envolvidos na colisão estão com carteiras de habilitação cassadas. Tanto André Micheletti, que teria provocado o acidente, quanto André Gonçalves, que ficou ferido, tiveram as habilitações cassadas por excesso de multas. 

Duas famílias, sendo quatro adultos e quatro criança, estavam em um dos veículos. Eles retornavam de férias na cidade de Praia Grande, e seguiam para Suzano. O carro em que eles estavam foi atingido pelo outro veículo, que estava em alta velocidade. 

A Mercedez Benz dirigida por André Micheletti estava participando de um racha, com um Camaro, que não parou após o acidente e tinha um policial civil ao volante. O empresário foi preso e levado para o 3º DP de São Bernardo do Campo. O motorista vai responder por lesão corporal culposa, homicídio culposo e por dirigir sem carteira. 


Quarta-feira, 10 de janeiro de 2018



O secretário estadual de Saúde, David Uip, concedeu entrevista coletiva no Horto Florestal na manhã de hoje (10)
Foto: Cid Barboza


A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo anunciou que, no período de 3 a 24 de fevereiro, devem ser vacinadas mais de 6 milhões de pessoas, que moram em áreas onde ainda não há confirmação de casos da febre amarela. A ação acontecerá em 53 cidades, com doses fracionadas da vacina.

O objetivo do governo do estado é proteger a população preventivamente. A campanha começará em um sábado, que será o Dia D da ação. 

 

Quinta-feira, 11 de janeiro de 2018



O empurrão foi registrado por câmeras do circuito interno do Metrô
Foto: Reprodução


A Justiça de São Paulo decidiu manter a prisão do homem que empurrou uma mulher para o trilho do Metrô no momento em que o trem chegava na estação Conceição, na zona sul da capital paulista. O faxineiro Sebastião José da Silva, de 55 anos, passou por uma audiência de custódia. 

Ele empurrou Jussara Araújo de Souza, de 23 anos, na tarde da última terça-feira (9). A mulher machucou o braço e teve escoriações pelo corpo. 

O homem foi preso em flagrante e justificou a atitude afirmando que ouviu vozes.  A suspeita é que ele sofra de problemas mentais. O faxineiro foi transferido para um centro de detenção provisória.

 

Sexta-feira, 12 de janeiro de 2018


 
No total, já são 40 casos autóctones da forma silvestre da doença no estado
Foto: Reutilização/Google


A Secretaria Estadual de Saúde divulgou na manhã desta sexta-feira (12) um novo boletim epidemiológico  da febre amarela no estado de São Paulo. O número de mortes confirmadas pela doença subiu para 21. De acordo com o balanço, todos os casos são de febre amarela silvestre.  Até a última quinta-feira (11), o estado contabilizava 13 mortes de pessoas que contraíram o vírus. 

Além disso, foram confirmados, desde janeiro de 2017, 40 casos autóctones - quando a doença é contraída na própria cidade e não vem de pessoas que viajaram para regiões afetadas. 

Desde 1942, o Brasil não tem casos de febre amarela urbana.

Foto da capa: Pedro Ventura/Agência Brasília






Tags: 


Veja mais

® 2018 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados