CadastroENTRAR
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado
Volume
Áudios
App Android
App IOS
Facebook Capital
Instagram Capital
YouTube Capital
Whatsapp Capital

NOTÍCIAS - Exclusivas / Saúde

Quarta-feira, 02/08/2017 14:17 - Atualizado em 08/09/2017 13:08
Por Ana Paula Novaes

Leite materno deve ser alimento exclusivo até os seis meses de vida do bebê

Confira a segunda parte da reportagem especial de Carla Mota para a Semana Mundial da Amamentação.

OUÇA





A Semana Mundial de Aleitamento Materno acontece até o dia 7 de agosto em 120 países. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a amamentação é a principal forma de fornecer ao bebê os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento.

Nos primeiros seis meses de vida, a criança deve ser alimentada apenas com o leite materno. Após esse período, outros alimentos podem ser introduzidos na dieta da criança. Entretanto, a amamentação é recomendada até, pelo menos, os dois anos de idade.

Felizmente, a maior parte das mães têm essa consciência. Esse é o caso de Lílian Ikeda, mãe de Felipe, de três anos, e de Laura, de cinco meses. “Minha filha completou cinco meses e eu vou voltar a trabalhar. Até ela completar seis meses, pelo menos, eu pretendo tirar o leite para as tias da escolinha darem para ela, porque, até os seis meses, é super importante o nenê receber o leite da mãe. Depois disso, vou começar a introduzir outro leite industrializado, mas pretendo conciliar os dois”, destacou.

Já a mamãe Maitê Tarricone Ramos Deano enfrentou algumas dificuldades, mas recebeu ajuda e foi persistente até conseguir alimentar o pequeno Theo. “Estou amamentando há quatro meses. Para mim, o início da amamentação foi bastante desafiador. Tive fissura no seio, foi difícil fazer a pega, ele não mamou logo de início. Então, foi muita força de vontade e tive pessoas que me ajudaram – a família e profissionais que estimulam a amamentação. A pediatra foi fundamental e hoje eu amo amamentar”, contou.

Ela também levantou uma questão importante sobre o tema: a ideia de que o leite da mãe pode ser fraco é real ou mito?

A pediatra Ana Paula Eyama esclareceu a dúvida. “Não existe leite fraco. Mesmo a mãe com anemia ou desnutrição têm o leite adequado para a criança. O leite vai suprir as necessidades da criança. Então, não existe leite fraco. Tenha certeza que seu leite é o melhor alimento para o bebê”, finaliza.

Amanhã, você confere aqui a terceira parte da reportagem especial de Carla Mota. O tema será as cirurgias para implante de silicone a influência na amamentação.











Tags: 


Veja mais

Facebook Instagram YouTube Whatsapp App Android App IOS
® 2020 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados