ENTRAR
OUÇA A RÁDIO CAPITAL AO VIVO | AM 1040
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado

NOTÍCIAS - Social

Sábado, 13/05/2017 11:25
Por Ana Paula Novaes

Casa de Passagem do governo paulista já atendeu mais de 340 refugiados

Confira na reportagem de Carla Mota.



São Paulo mantém o primeiro equipamento de acolhimento social do estado para refugiados e vítimas do tráfico de pessoas. A Casa de Passagem Terra Nova foi inaugurada em outubro de 2014 e já atendeu mais de 340 refugiados.

Sobre este espaço, a repórter Carla Mota conversou com o secretário estadual de desenvolvimento social, Floriano Pesaro. Ele explicou que a casa de passagem funciona sete dias por semana, 24 horas por dia. “Famílias inteiras de refugiados são acolhidas nesta casa, que tem um investimento de mais de R$1,6 milhão por ano e acolhe os refugiados, dando a eles os primeiros atendimentos. Eles podem ficar lá até seis meses e, neste período, adquirem toda a documentação necessária para uma vida no Brasil, além de aprenderem a língua portuguesa. A casa ainda se preocupa em encaminhar estes refugiados para o trabalho e todas as crianças são imediatamente matriculadas em escolas da rede municipal ou estadual”, frisa.

Segundo ele, atualmente, o maior número de refugiados atendidos no local é proveniente da Síria e Congo – países que passam por um conflito armado – além de Angola, Bolívia, Camarões, Gana, Guiné e Nigéria. “A Casa de Passagem oferece vários serviços essenciais de apoio ao refugiado – social e psicológico, jurídico, além de atividades de convivência, ocupacionais, culturais, de orientação profissional e jurídica, oficinas de idioma e auxílio para a inclusão produtiva”, acrescenta.

Os refugiados são encaminhados ao local por associações parceiras e pela Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania. A casa possui 50 vagas e atende prioritariamente famílias com filhos de até 18 anos e mulheres grávidas. No total, são dez quartos com banheiros internos, área de convivência, brinquedoteca, refeitório, lavanderia, copa e salas de atendimento individualizado.

Confira mais na reportagem de Carla Mota.

Fotos: Divulgação

® 2018 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados