ENTRAR
OUÇA A RÁDIO CAPITAL AO VIVO | AM 1040
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado

NOTÍCIAS - Educação

Segunda-feira, 27/03/2017 11:24

Carvão ecológico garante a alunos de Campinas a 4ª posição em maior feira científica do Brasil

Feita com biomassa de folhas de árvore, descoberta de três estudantes da E.E. Culto à Ciência concorreu com jovens inventores de todo o País



Um projeto feito com folhas de árvore foi escolhido o quarto melhor da Febrace - Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, da Universidade de São Paulo (USP). Criado por três alunos do Ensino Médio da Escola Estadual Culto à Ciência, em Campinas, o vegetal deu origem a um carvão ecológico. Os vencedores da competição científica pré-universitária, a maior do Brasil, foram conhecidos nesta sexta-feira (24). Outros 11 inventos desenvolvidos por estudantes da rede estadual paulista participaram desta edição.

Adilson Lucas, Guilherme Zapparoli e Rodrigo Seiji encontraram a matéria-prima do projeto na própria escola: a árvore do pátio. A partir disso, surgiu a ideia de produzir um briquete (carvão ecológico) feito com base na biomassa que era descartada. Nos testes, os alunos garantiram uma invenção científica e também um churrasco de pão de alho.

O experimento foi acompanhado de perto pelos professores Claudia Carla Caniati e Aloísia Laura Moretto. “A escola toda está muito orgulhosa dos alunos e dos professores. Esta premiação mostra que precisamos acreditar na escola pública de qualidade e que ela existe. Eu tenho orgulho de ser diretora de uma escola estadual”, disse a diretora Débora Senemme Gobbi.

O evento científico pré-universitário é o mais importante da área e há mais de 10 anos revela talentos. Todas as pesquisas são inéditas e foram realizadas durante as aulas de Biologia, Química, Matemática e Física. Na premiação, os alunos ganharam medalhas e certificado. Nos próximos meses, o projeto de Campinas será aprimorado e a expectativa é apresenta-los em outras competições nacionais.  

® 2018 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados