ENTRAR
OUÇA A RÁDIO CAPITAL AO VIVO | AM 1040
NO AR:
PRÓXIMA ATRAÇÃO:

Parado

NOTÍCIAS - Brasil

Segunda-feira, 06/03/2017 15:29
Por Ana Paula Novaes

Sinal analógico da TV será desligado no dia 29 de março em São Paulo; saiba tudo sobre a mudança

Confira na reportagem de Carolina Mattos.



A data está marcada: dia 29 de março. No final deste mês, o sinal da TV analógica será definitivamente desligado, aqui na região metropolitana de São Paulo. Até lá, quem quiser continuar assistindo a programação dos canais abertos de televisão vai ter que se preparar para o sinal da TV digital.

Mas o que isso significa de fato? Como fazer essa conversão? Quais são os reais motivos para a extinção da TV analógica? Para responder estas questões, a repórter Carolina Mattos conversou com o diretor geral da Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abert), Luís Roberto Antonik.

Ele explicou que a principal vantagem da TV digital é a qualidade da imagem. “Não tem chuvisco, não precisa colocar a palha de aço na ponta da antena. A qualidade da TV digital do HDTV, em altíssima definição, aberta e gratuita, é muito superior, por exemplo, à TV paga. Tem uma série de outras coisas, como a possibilidade de ver sinopse, de interagir com a emissora”, diz.

Na Grande São Paulo, 7 milhões de famílias serão afetadas. “Estamos falando de algo acima de 21 milhões de pessoas”, destacou.

Uma boa notícia é que, se o sinal analógico fosse desligado hoje, somente 8% da população da Região Metropolitana de São Paulo ficaria sem TV. Uma pesquisa realizada pelo Ibope apontou ainda que a maioria das casas já está preparada para receber o sinal digital. O levantamento considerou domicílios tanto da área urbana quanto da zona rural.

“Para continuar assistindo a TV aberta e gratuita, será necessário trocar o aparelho se ele não tiver o receptor de sinal digital. Sabemos que um aparelho de TV de última geração está caríssimo. Uma alternativa é comprar o conversos, que custa na faixa de R$70. Em qualquer caso, ele precisará de uma antena externa. A boa notícia é que o é que para os beneficiários de programas sociais como Pronatec, Minha Casa, Minha Vida, Bolsa Família, o governo dará o kit gratuitamente. Ele pode checar se o nome está na lista no telefone 147 e no site www.sejadigital.com.br”, aconselha.

Serão entregues para famílias cadastradas 1,8 milhão de kits, contendo antena para TV digital, controle remoto, conversor, e cabos. Os kits serão distribuídos em 59 pontos espalhados pelo estado. Para quem não faz parte de nenhum programa social do governo, a saída é trocar de TV ou comprar o kit.  

Confira a entrevista completa.

Foto: Reutilização Google

® 2018 Rádio Novo Mundo Ltda - Todos os direitos reservados